Arquivo da tag: livro infantil

Como saber se esse livro é bom ou não para o meu filho?

Nada como começar o ano jogando fora papéis, contas e anotações que perderam o sentido. Queria encontrar mais espaço. Acabei encontrando também meus velhos amigos da faculdade: pilhas e pilhas de apostilas e xerox de textos já amarelados, mas ainda preciosos. Tatiana Belinky estava lá. Lúcida e simples, como sempre, respondendo a uma pergunta que deve passar pela cabeça de todos os pais: O que é a boa literatura infantil? Como saber se este livro é bom ou não? Resumo aqui para vocês a opinião da Tatiana Belinky, escritora consagrada por seus mais de 250 livros infantis e conhecida pela adaptação televisiva de Sítio do Picapau Amarelo.

Tatiana Belinky: Alguém que soube definir o livro bom para criança, em poucas palavras, foi uma neta minha, aos oito anos de idade, que me disse um dia:

– Sabe, Tati, livro que não dá pra rir, não dá pra chorar, não dá pra ter medo, não tem graça.

O que eu acho sobre isso hoje? A boa literatura infantil faz com que a criança more no livro, como queria o nosso grande mestre Monteiro Lobato, que soube como ninguém atingir esse resultado. Para isso, o livro precisa de dois elementos gêmeos: o primeiro, que a criança goste dele. E o segundo é que eu (isto é, quem coloca os livros nas mãos da criança) também goste dele. O livro não pode ser só interessante, mas tem que trazer algo de enriquecedor, que acrescente, que ajude a criança a abrir os olhos, os ouvidos, a sensibilidade – em suma, a cabecinha. E atenção! Sem moralismo nem didatismo, sem “dedo em riste”, sem a famigerada “moral da história” (que, por sinal, quando criança, abominava e achava um desaforo).

 

Imagem

 

Ano novo, antigos achados! Espero que eles sempre se renovem.

Este texto pode ser encontrado no livro O que é qualidade em literatura infantil e juvenil? Com a palavra o escritor, organizado por Ieda de Oliveira e editado pela DCL.

Anúncios
Etiquetado , , , , , , ,